Uma convocação ao povo brasileiro

7 maio

Minha primeira análise de música, para a aula de Realidade Socioeconômica e Política Brasileira.

Análise da música “Pra não dizer que não falei das flores” de Geraldo Vandré

O ano era 1966, o sistema político ditadura militar. Os festivais de música brasileira da Record eram mania entre a população, dois anos antes o regime autoritário tinha sido estabelecido, a liberdade de expressão deu lugar ao medo e sucessivas prisões de cidadãos comuns que não concordavam com o sistema. Acompanhar pela TV o espetáculo que dava voz ao pensamento da juventude era a alegria de muitos. Sobe ao palco para cantar Geraldo Vandré, ele apresenta uma música que encantou a população e enfureceu os representantes da ditadura. “Pra não dizer que não falei das flores” é na verdade, uma convocação ao povo brasileiro para unir-se em uma só voz e sair às ruas contra a repressão. Por causa da censura Vandré precisou ser astuto, utilizou metáforas brilhantes, chamou a nação para se unir chamando-a de flores que unidas venceriam canhões (a ditadura), os braços dados símbolo de um elo inquebrável avisava que todos estavam sujeitos a ser presos por colocar-se contra o sistema político. Denuncia a desigualdade social e a necessidade de reforma agrária no verso que fala:Pelos campos há fome em grandes plantações” Ao fim ainda lembra, do drama vivido por várias famílias que foram obrigadas a se separar de seus entes queridos devido ao exílio ou morte nos porões da ditadura. O contexto social relatado na música é exatamente o que a população sofreu nos anos de chumbo, e apesar das marcas deixadas na história dos brasileiros (por causa das torturas) o compositor sabia que não podia terminar sem dar esperança, a mensagem era objetiva e simples: Aprendendo e ensinando uma nova lição. Com esta frase ele afirma que a mensagem é para a geração lutar e deixar o legado de bravura e determinação para as próximas gerações continuar a exigir seus direitos e ter liberdade.

Ká Sant’Ana

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: