Arquivo | dezembro, 2011

“Aquele que crê em mim ouve a minha voz e segue-me”

22 dez

Jesus a luz do mundo

E em Jerusalém era a festa da dedicação e era inverno. E Jesus andava passeando no templo, no alpendre de Salomão. (Jo: 10.22-23)

Estava lendo essa passagem na Bíblia e resolvi pesquisar sobre a época do ano que é inverno em Jerusalém e o objetivo da festa da dedicação. Descobri que o inverno em Jerusalém é entre novembro e dezembro, e que nessa época os judeus celebram a festa da dedicação que tem fundamento histórico no livro de Macabeus I e II.
Corresponde a dois milagres realizados por Deus durante a guerra dos judeus contra Anthiocus IV imperador de Israel há mais de 2.000 anos, um homem cruel que impôs uma cultura e religião helênica sobrepondo-se a lei da Torá . Revoltado com essa imposição levantou-se um homem judeu chamado Judas Macabeu (Macabeu=martelo) com um exército, muito pequeno de camponeses, para defender a liberdade religiosa do seu povo. O primeiro milagre nessa história foi que os “Macabeus” ganharam a guerra e o direito de cultuar o seu Deus. Após a guerra os judeus foram ao templo sagrado e viram que o templo do Senhor havia sido profanado com todo tipo de imundícia e imediatamente começaram a limpar o templo, no meio da bagunça acharam uma pequena lamparina com apenas um pouquinho de azeite que serviria para iluminar o lugar por um dia. Para surpresa da galera, o pouco de azeite daquela lamparina durou oito dias, os dias que o povo levou para terminar de purificar o templo do Senhor. Em João 10.22-39 Jesus ao passear no templo durante essa festa, encontra-se com alguns judeus que o questionam se ele é mesmo o Messias, o Senhor então responde que para aqueles que crêem nele sim, deixa claro que quem crê nele é como ovelhas que ouvem sua voz e o segue, Jesus imediatamente reconhece suas ovelhas e por elas dá a vida eterna, livrando-as do sofrimento eterno e promete que nunca se separará, porque assim como ele somos do Pai Celestial por intermédio do filho e ninguém pode nos arrancar da mão do Pai.
“ Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós.
Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele”. (João 14.20-21)

Anúncios