Archive | setembro, 2011

Identidade

3 set

E aí meus caros, pacientes e queridos leitores! Ei você que de tanto esperar por um novo post neste blog já nem se lembra mais dele… É eu voltei, para falar sobre identidade.
Já reparou como é importante para a maioria das pessoas que você saiba quem você é? Deve ser por isso que todo mundo quando nasce recebe um nome, com amor a mãe ou o pai escolhe, aí a pessoa cresce e ganha um apelido entre família ou amigos, geralmente o apelido dado pelos amigos nunca é muito amigável, e sempre te lembra algo a seu respeito que você gostaria de esquecer. O tempo passa chega a hora de escolher uma profissão, você passa no vestibular, vira “Bixo”, na faculdade o Bixo precisa de um nome, é batizado com algum nome referente a sua própria cara, ou a cara do veterano, algo bem bizarro mesmo, tipo: tenho uma amiga que foi batizada com o nome da cadela de estimação do seu “padrinho veterano”. Algum tempo depois você se forma, na entrevista de emprego o empregador pergunta, na sua opinião quem é você?  Quem eu sou? Nessa hora surge um grilo e mais nada, de repente a resposta: Sou uma pessoa criativa, dinâmica, inteligente, etc…Sua esperança é ser aceito no trabalho porque como qualquer ser humano, que não pretende se empregar no mundo do crime, você precisa trabalhar. Eu acredito que é importante saber quem sou, mas quando souber o que isso vai mudar devo parar de aprender e descobrir coisas novas? Devo ter uma opinião sobre tudo, devo usar o mesmo estilo de roupa e sentar do mesmo lado do sofá da sala a vida toda? Espero que não, eu prefiro ser essa metamorfose ambulante sem uma boa e objetiva definição de identidade, porque nos relacionamos com muitos e por isso somos vários por onde passamos, de uma boa maneira, tentando melhorar. Quando alguém me pergunta quem sou  gosto de lembrar que me basta ser filha amada de Deus. E como já dei a entender: estou em obras.

Metamorfose humana

Karina Sant´Ana

Segue o vídeo do Raul pra vocês: