Arquivo | abril, 2011

Meu Lugar

17 abr

Na vida surgem momentos em que pensamos: Qual o meu lugar?
Talvez você já tenha pensado nisso no seu primeiro dia de aula na escola ou faculdade. Ou então pensou sobre isso por não ter tido a oportunidade de ingressar numa faculdade ainda. Esse pensamento pode ocorrer no trabalho, e em outras situações da vida.
Uma coisa é certa, todos nós temos vontade de sermos especiais e necessários em nosso meio, seja com aquilo que sabemos, ou por quem somos.
Isto é real, e explica, talvez, o fato de ser comum que algumas pessoas se deslumbrem com gente que alcançaram notoriedade no mundo em que vivemos.
Como alguns já puderam perceber no vídeo abaixo, eu sou uma apreciadora do ministério Hillsong United, não, não é pela originalidade dos arranjos musicais. Eu os admiro quando os ouço falar em entrevistas, sobre o papel indispensável de Jesus Cristo em suas vidas.
Certa vez ouvi Joel Houston responder a um repórter que queria saber, se eles sempre desejaram chegar onde chegaram, e viajar o mundo todo com o ministério.
Ele respondeu com ajuda de seus amigos de grupo: “Não, não desejávamos tudo isso, só decidimos cantar e tocar na nossa igreja, porque precisavam de gente para o louvor, o que nos aconteceu depois disso, e a explicação por estarmos aqui, é a Graça de Deus “.
As palavras de Joel me fizeram refletir sobre: “Quanto estou disposta a me doar para Deus agir através de mim?” Não acho que meus esforços vão mover a mão de Deus, nem que esta deva ser a motivação para obedecê-lo e servi-lo. Mas pude notar que O Senhor faz maravilhas com um movimento simples, e um coração comprometido a viver um dia de cada vez.
Na Bíblia em Gênesis 37, conta-se a história de José, o filho querido de Jacó, era leal ao pai, e por causa de sua lealdade foi vítima da inveja de seus irmãos, ele foi vendido para ser escravo no Egito, e permaneceu nesta condição por 20 anos, até Deus o exaltar e o abençoar abundantemente, o tornando governador.  A Bíblia não fala os detalhes de cada dia da vida de José, mas diz que ele era fiel e obediente a Deus, e tudo o que ele fazia o Senhor abençoava, e as pessoas viam como José era diferente, por que o próprio Deus era com ele.
Eu não sei onde você está agora, ou se sente-se confortável na posição que se encontra hoje na vida. O importante é jamais esquecer que Deus está com você e mesmo que não possa vê-lo, pela fé pode crer e aceitar o dia de hoje como um presente de 24 horas, onde você pode fazer o seu melhor para seu Criador, porque? Essa é uma boa oportunidade para mostrar o quanto você O ama, e está agradecido pelo lugar onde Ele te colocou. O que vier daqui pra frente…Lembre-se: É GRAÇA DE DEUS!

Ká Sant´Ana

Anúncios

Você é religioso?

16 abr

Eu acredito numa fé assim,sem interesses, na qual posso ser eu mesma, e o amor prevalece.
Amor que vem de Jesus Cristo!

Por favor assista o vídeo! Você vai me entender.

Ká Sant´Ana